domingo, 25 de março de 2012

Jesus Celebra a Páscoa (Quinta-feira Santa) - Planejamento do encontro

Ambiente do Encontro: Providencie jarra, bacia e toalhas para o lava-pés. Previamente, combine com alguns catequizandos que terão seus pés lavados e que lavarão os pés do colega.

Oração Inicial:

Todos permanecem de pé e em silêncio. O leitor 1 e o leitor 2 fazem a parte de Jesus, ou seja, proclamam o Evangelho (Lc 22, 7-13 - Preparativos para a ceia pascal)

Leitor 1: Jesus celebrou a Páscoa. Memorial da libertação em que os judeus foram libertos da escravidão do faraó e atravessaram o mar a pé enxuto. O sangue do cordeiro sacrificado foi utilizado para marcar as portas das casas dos judeus, e assim, afastou a ira do anjo exterminador; também o sangue do cordeiro imolado selou a aliança que Moisés estabeleceu com Deus em nome do povo eleito.
Leitor 2: Jesus dá um novo significado para a Páscoa. Ele é o cordeiro que tira o pecado do mundo, que sela uma nova aliança entre Deus e a humanindade com seus braços abertos na cruz.
Todos: Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, tende piedade de nós (bis).
            Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, dai-nos a paz.

Colocação do Tema

Leitura Bíblica: 1 Cor 11,23-26 - A Ceia do Senhor. Retome a celebração da Páscoa antiga e explique que Jesus a celebra e lhe dá um novo significado. Situe a morte de Cristo no contexto pascal, em que sua vida nos é dada para a salvação da humanidade. É o memorial do seu amor levado às últimas consequências, por isso, é igualmente sinal de amor, doação e ajuda ao outro, até o ponto de se humilhar lavando os pés dos discípulos.

Aprofundamento do Tema

            Jesus, seguindo o costume de seus irmãos judeus, todos os anos celebrava a Páscoacomo memória dos acontecimentos do Êxodo, em que se deu a fuga da escravidão do Egito. A celebração ritual da Páscoa judaica é substituída pela Eucaristia: Fazei isso em memória de mim. Essa é a celebração sacramental nova, memorial do novo Êxodo pascal de Cristo.
            Jesus celebrou a Páscoa com um novo sentido. Ele tomou os elementos da Páscoa e aplicou-os a si mesmo. Isso aconteceu às vésperas de ser entregue e condenado à morte. Antecipadamente, ele celebrou em forma de ceia pascal o que iria acontecer no calvário no dia seguinte.
          Nessa ceia se bendisse a Deus sobre o pão sem fermento que era partido e distribuído. Jesus viu nesse gesto o sacrifício do seu corpo imolado na cruz e dado como alimento. Nela, tomava-se vinho e comia-se o carneiro sacrificado, cujo sangue selou a primeira aliança entre Deus e o povo, além de ter poupado da morte os primogênitos.Jesus é o novo cordeiro que tira o pecado do mundo, seu sangue redentor derramado na cruz perdoa todo pecado.  
        Sua morte é Páscoa, mostra a intervenção do Pai que salva a humanidade pelo amor do seu Filho levado às últimas consequências. Jesus, o Filho de Deus encarnado, entende a sua vida e a sua missão como serviço de amor à humanidade. Ele se doa e a sua missão como serviço de amor à humanidade. Ele se doa inteiramente. Essa doação é a concretização do seu amor. Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que chegara a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim (Jo 13,1).

Agir transformador:

           Páscoa é a passagem da morte para a vida. Significa morrer para o comodismo, a preguiça e a mentira, doando a própria vida, como Jesus. Assim, vamos nos esforçar para sermos mais solidários com os colegas, ter espírito, vontade e atitudes de colaboração e serviço. Nossos pais trabalham muito para que não nos falte o necessários em casa. E nós, em que contribuímos? Jesus vai adiante de nós e doa toda a sua vida.
            Anualmente, na Quinta-feira Santa, a Igreja celebra a missa da ceia do Senhor na qual comemoramos Jesus que nos entrega o mandamento e o sacramento do amor.

Celebração ( Rito do Lava-Pés)

Comentarista: Cristo mostra a relação que existe entre dar a vida na cruz e o serviço humilde de lavar os pés. É um gesto através do qual o Senhor deseja fazer compreender o sentido profundo da sua missão redentora: um serviço de amor a Deus e ao ser humano, que tem seu ponto alto na paixão e na morte. Assim, também o pão e o vinho partilhados são sacramentos de seu corpo entregue e do seu sangue derramado como serviço derramado como serviço de amor e de solidariedade.

           Fazer a leitura do Evangelho Jo 13, 1-17. O Leitor 1 faz a parte de Pedro e o Leitor 2 faz a parte de Jesus. O Catequista explica o valor do gesto de Jesus, que, como mestre e Senhor, lavou os pés dos apóstolos e pede que o imitemos.

          O comentarista dá sequência ao lava-pés com aqueles que foram previamente orientados e preparados. Todos cantam ou pode-se colocar um fundo musical apropriado.

Leitor 1 ( o primeiro a lavar o pé) diz: O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos (Mt 20,28).
Leitor 2 ( o segundo a lavar o pé) diz: Se alguém quiser ser o primeiro, seja o último de todos e o servidor de todos (Mc 9,35).
Leitor 3 (o terceiro a lavar o pé) diz: Vós sois os meus amigos, se praticais o que vos mando. Isto vos mando: amai-vos uns aos outros (Jo 15,14.17).

Cantar algum canto com a temática do encontro.

Oração Final: Pai- Nosso

Fonte: Iniciação à Eucaristia - Livro do Catequista. Núcleo de Catequese Paulinas - Nucap. Ed. Paulinas.


Um comentário:

  1. Olá! A paz!

    Excelente sugestão!
    Faz um tempinho q não voltava por aqui, mas pra isso temos o face e seus grupos para não esquecermos do que é bom!

    Vou agora dar uma lida nas atualizações... Abraços!

    Abílio Gonçalves
    blog.catequista.net
    cristoteca.blog.br

    ResponderExcluir

O material aqui postado é elaborado por mim com material retirado da Internet ou enviado por e-mail . Caso você seja proprietário de alguma imagem, texto ou material e quer retirá-lo ou divulgar seu nome, por favor, entre em contato por e-mail . Terei o maior prazer em divulgar o seu material ou trabalho! e-mail: lay.mbispo@gmail.com Que o amor de Jesus Cristo esteja sempre com vocês!